© 2023 by Luxury Yacht Charter. All rights reserved

I'm a Title. Click to edit me 

VALORES CULTURAIS

Os Bijagós são um grupo étnico muito antigo. Grandes navegadores e guerreiros no passado, em algum momento de sua história optaram por tornar-se agricultores e caçadores.

Trata-se de uma sociedade muito estruturada e equilibrada, onde as mulheres e os idosos são de uma fundamental importância - diz-se que, talvez por isso, os seus valores se tenham preservado tão bem.

 

 

( Clique para ver a imagem completa )

As Aldeias

Visitar uma tabanca e interagir com seus habitantes, é a melhor maneira de entender a cultura dos Bijagós.

 

Tudo está sempre bem organizado, limpo e preservado, não só na aldeia, mas também nas terras e nos bosques que cada tabanca tem à sua volta.

Isto tem origem num permanente planeamento em grupo, da vida comunitária, onde com bastante antecedência são discutidos todos os detalhes com as mulheres - as proprietárias exclusivas da terra. Em seguida, as tarefas são distribuídas e completa e naturalmente executadas.

 

Planeamento e trabalho em equipe, não é uma invenção do Ocidente ...

As Gentes 

1/8

Apesar de algumas dificuldades óbvias, inerentes ao seu afastamento e insularidade num país pobre, os Bijagós não são "pobres no sentido ocidental" – Dispõem das coisas e dos alimentos de que necessitam para viver, e estão imersos num ambiente muito singular que eles conscientemente protegem, apoiados pela sua cultura milenária.

 

A sua sociedade não depende da moeda. Os Bijagós vivem principalmente troca de produtos entre eles, e só excepcionalmente compram bens provenientes do continente.

 

Nos Bijagós as crianças são educadas no respeito aos mais velhos e á natureza - todos os Bijagós passam por um longo período em que têm que viver sozinhos na floresta. Ultimamente, a maioria dos miúdos já vai à escola da tabanca, onde, além do crioulo, também aprendem o Português.

 

A maioria das pessoas diz que depois de interagir com os Bijagós e com o seu ambiente, de uma forma ou de outra, isso contribuiu para  se interrogar e fazer um “bench-mark” pessoal com a vida que cada um tem no seu próprio país.

1/3
Os Visitantes

A amabilidade é um elemento central da cultura Bijagó. Quando chegamos a uma tabanca e depois de "bater à porta" - pedir autorização à rainha para a visita, sempre nos oferecem uma recepção calorosa e direta.

 

Para as crianças, a visita desses convidados é um evento único que... deve ser sempre mutuamente celebrado. E aqui, mais uma vez, a comparação com as nossas referências diárias na educação e na alegria de viver destas crianças, é um exercício muito interessante.

 

O AFRICA PRINCESS tem em curso um programa de apoio a 5 tabancas, para as ajudar nas suas vidas diárias e no seu desenvolvimento dentro de sua cultura. No caso que algum dos nossos passageiros querer contribuir com doações não-monetárias, se nos o quiserem referir antes, poderemos dar ideias úteis antes da viagem.